História das Ostras Portuguesas | Découverte - Ostras Especiais Portuguesas
23
page-template,page-template-full_width,page-template-full_width-php,page,page-id-23,page-parent,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,columns-4,qode-theme-ver-10.1.2,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.3,vc_responsive

As ostras denominadas por Portuguesas, segundo tudo indica, foram introduzidas na Europa pelas caravelas Portuguesas regressadas do Oriente.

 

Em 1868, estas ostras “Les Portugaises” povoaram a costa Francesa com o conhecido episódio do barco “Morlaisien”. Começa assim a História das Ostras Portuguesas, muito apreciadas em França, como em todo o mundo.

UM POUCO DE HISTÓRIA

Na década de 50, 60 e 70 existiu uma importante actividade económica relacionada com a cultura de Ostras no estuário do Sado e Tejo. No Domínio Publico Marítimo havia um total de 2.394,5 hectares de concessões, onde trabalhavam 4.000 pessoas entre permanentes e sazonais.

 

Foi atingida uma quota de exportações equivalente a 30.000 toneladas anuais (em ostras de mercado) que a preços actuais corresponderia a um volume de negócios de muitos milhões de euros ano.

 

A actividade terminou com o desaparecimento das Ostras no estuário do Sado, nos anos 70, tendo ressurgido recentemente.

CONDIÇÕES NATURAIS ÍMPARES

As costas Portuguesas são sem dúvida reconhecidas pela qualidade da água, quer a nível de nutrientes, quer de temperaturas amenas durante todo o ano. Estas condições permitem obter, em cerca de 2 anos, uma ostra de qualidade superior, denominada Spéciale.

 

Trata-se de uma Ostra de primeira qualidade a todos os níveis, com concha bem formada, nácar homogéneo e duro, nível de recheio superior a 15%, e sabor único, fresco e ligeiramente salgado).

 

Em 2011, observámos o ressurgimento das Ostras no estuário do Sado e resolvemos investir neste apaixonante negócio, usando métodos actualizados.

SEGURANÇA ALIMENTAR

Antigamente havia muito menos condições e controlo no que respeita a segurança alimentar. Este é um ponto essencial para quem gosta de Ostras, uma vez que as mesmas – tal como o Sushi – são consumidas cruas.

 

As Découverte são depuradas durante 48 horas, ou seja, o dobro do tempo aconselhado legalmente, em tanques exclusivos, para não estarem misturadas com quaisquer outros produtos.

 

Cada embalagem leva a certificação legal da depuração, assegurando que a mesma foi feita e que o consumo é seguro. O consumidor pode assim estar tranquilo relativamente à sua segurança, garantindo a qualidade alimentar.

AGORA QUE SABE UM POUCO MAIS SOBRE OSTRAS, PORQUE NÃO PROVAR!